Esporte

Advogados de Ronaldinho e Assis voltam a recorrer em processo no Paraguai

A defesa de Ronaldinho e Roberto de Assis não quis detalhar os recursos, afirmando que o sigilo é necessário para preservar sua estratégia.

Os advogados de Ronaldinho Gaúcho e de seu irmão Roberto de Assis entraram com, pelo menos, um recurso para tentar a liberdade dos ex-atletas com a Justiça paraguaia. O intuito é contra-argumentar com o que os defensores chamam de nulidades do processo que culminou com a prisão preventiva de ambos por porte e uso de documentos falsos.

A nova tentativa dos advogados só se tornou possível por conta que, no último dia 4, entrou em vigor no Paraguai a medida de “quarentena inteligente”. A ação tem a intenção de relaxamento progressivo do distanciamento social imposto para combater o avanço do novo da pandemia no país.

Com isso, os serviços da justiça local – que estavam suspensos – foram retomados. Durante o período mais rigoroso da quarentena, só eram realizados aqueles procedimentos considerados como ‘urgentes’, resultando na limitação da ação dos advogados do craque brasileiro e seu irmão.

A defesa de Ronaldinho e Roberto de Assis não quis detalhar os recursos, afirmando que o sigilo é necessário para preservar sua estratégia.

Mostrar mais

Redação

Saiba as última notícias da Bahia, Brasil e do mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
× Como posso te ajudar?