Política

Colapso em Salvador poderá ocorrer dia 27 de maio, diz ACM Neto em nova projeção

Inicialmente, a possível saturação nas unidades públicas haviam sido estipulada para o dia 14 deste mês.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou nesta sexta-feira (22) que o novo prazo para um eventual colapso no sistema de saúde da capital em decorrência da pandemia do novo coronavírus foi projetado para 27 de maio. Inicialmente, a possível saturação nas unidades públicas haviam sido estipulada para o dia 14 deste mês.
Segundo o prefeito, esse adiamento ocorre graças ao endurecimento das medidas setorizadas para desacelerar a taxa de transmissão da Covid-19 e à ampliação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). “Com a nossa luta com o governo para ofertar novos leitos de UTI, conseguimos empurrar a possibilidade de colapso para o dia 27 de maio. Nós estamos lutando para que isso não aconteça.
Cada dia que passa é uma vitória”, afirmou ACM Neto em entrevista na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) dos Barris, onde inaugurou um módulo auxiliar para tratar pacientes com sintomas leves de Covid-19. Apesar do otimismo demonstrado com o resultado das ações, ACM Neto não afasta a possibilidade de agravamento do cenário.
“Adiar a hipótese de colapso praticamente por duas semanas é uma grande vitória, porque o risco existe concreto é real para o dia 27 de maio. É uma atenção que vai nos acompanhar durante todo o mês de maio e o meio de junho, a fase mais crítica do coronavírus na capital”, declarou. As informações são do bahia.ba.
Mostrar mais

Redação

Saiba as última notícias da Bahia, Brasil e do mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
× Como posso te ajudar?