Polícia

Em prisão domiciliar, Geddel Vieira Lima tem autorização do STF para ida a hospital em Salvador

Segundo STF, autorização ocorreu porque os exames já estavam previamente marcados na unidade de saúde. O procedimento médico está marcado para às 16h desta quinta-feira (30).

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou, na quarta-feira (29), a ida do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está em prisão domiciliar há 15 dias em Salvador, ao Hospital da Bahia, na capital baiana, para a realização de exames médicos. A liberação ocorreu após pedido da defesa do ex-ministro.

Segundo parte da decisão do STF, a autorização ocorreu porque os exames já estavam previamente marcados no hospital. O procedimento médico foi marcado para às 16h de quarta. Não há detalhes sobre o tipo de exame que o ex-ministro irá fazer.

O STF pontuou ainda, uma vez autorizado, que a defesa informará à Secretária de Administração Penitenciária do Estado da Bahia para o devido acompanhamento do sistema de monitoramento eletrônico.

“Considerando a data marcada para a realização dos exames, defiro o pedido nos termos em que formulado. Comunique-se, com urgência, ao Juízo da 2ª Vara de Execução Penal da Comarca de Salvador e à Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização estadual”, diz um trecho da autorização assinada pelo ministro Dias Toffoli, presidente do STF. G1 Bahia

Mostrar mais

Redação

Saiba as última notícias da Bahia, Brasil e do mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
× Como posso te ajudar?